quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Estreia o filme "Dos Homens e dos Deuses"

Estreia esta semana o filme "Dos Homens e dos Deuses", de Xavier Beauvais, Grande Prémio do Festival de Cannes.


Oito monges católicos franceses vivem em harmonia com a população muçulmana, até que, progressivamente, a violência e o terror tomam conta da região. Apesar das ameaças, os religiosos decidem resistir ao terrorismo e ficar. Esta é a história verídica dos monges de Tibhirine, raptados e assassinados por um grupo de fundamentalistas islâmicos durante a guerra civil argelina, em 1996.  
(Nota de apresentação do Público).

Alguém que tenha visto o filme quer comentar aqui?


Informação complementar:  

5 comentários:

João Delicado sj disse...

Talvez seja demasiado óbvio: relembrou-me "O Grande Silêncio". Mas desta vez não se retrata o ano-a-ano silencioso de um mosteiro perdido nos Alpes. Pelo contrário: introduz-nos ao dia-a-dia dos monges e progressivamente faz-nos mergulhar no ruído interior de uma guerra.

Perante a ameaça dos terroristas, revela-se a fragilidade daqueles religiosos. Somos entalados numa tensão surda de uma decisão que urge tomar: partir ou ficar? Como religioso identifiquei-me com o retrato que fazem da comunidade. No fim, sim: deixa-nos num grande silêncio. Voltei para casa sem palavras.

Helena disse...

A minha filha de 16 anos viu-o em França e achou muito bom. Veio para casa dizer que temos de o ver, sem falta. Amigos franceses dizem o mesmo, e mais ainda: parece que durante esse período de insegurança e difíceis decisões eles foram escrevendo textos que já existem publicados - pelo menos em França. Do pouco que ouvi, pareceu-me que esses textos são testemunhos notáveis.

Marco disse...

A opinião de Federic Lenoir, director da revista "Le Monde des Religions:"
http://www.lemondedesreligions.fr/chroniques/editorial/une-lecon-d-humanite-20-10-2010-885_161.php

João Delicado sj disse...

Um complemento aos links: "Le testament de Tibhirine", um site sobre o documentário que foi feito e, em particular, com o testamento de Frere Christian:
http://www.letestamentdetibhirine.com/supplements-christianchergetibhirine.html

MIZIARAF disse...

Não tive a oportunidade de assistir a este maravilhoso filme. Pela resenha e ser caso verídico, tenho certeza do que digo.
Deixo uma pergunta no ar: Ao invés de 8 religiosos, fossem 8 milionários franceses, americanos ou ingleses tenho certeza que além do mundo inteiro ter ficado sabendo do fato, O CONSELHO DE SEGURANÇA DA ONU, TERIA IMPETRADO UMA GUERRA SOB AQUELE PAÍS COM EUA, INGLATERRA E FRANÇA SENDO OS XERIFES DO CASO.
MAS, FORAM SÓ 8 E RELIGIOSOS. PARA SORTE DAQUELE PAÍS QUE NÃO TEM PETRÓLEO PARA SER CONFISCADO PELOS VENCEDORES. SÓ SOFREDORES QUE MORREM DE FOME AOS OLHOS FARTOS DO RESTO DO MUNDO CONSUMISTA, MATERIALISTA, CRISTÃOS, EVANGÉLICOS E DEFENSORES DA DEMOCRACIA E ETC E ETC